Remédios Naturais Anti-celulite: Aqui Estão os Melhores!

Os remédios naturais anti-celulite são compostos à base de plantas que podem ser usados de diferentes maneiras. Na natureza, na verdade, existem plantas que permitem reduzir o problema, graças a vários tipos de ações: elas geralmente atuam nos vasos sanguíneos, melhorando a elasticidade das paredes, mas também exercendo uma função anti-inflamatória ou drenante.

Quando se trata de remédios naturais anti-celulite, uma premissa é essencial: as várias plantas que podem ser usadas devem fazer parte de uma estratégia global, que também inclui a dieta correta e a atividade física.

Os remédios de ervas que tratamos aqui pertencem a três tipos diferentes: chás de ervas, gemmoderivati ​​e tinturas. As diferenças entre esses três tipos são de vários tipos.

Remédios Naturais Anti-celulite:

Com a ajuda da herborista Alessia Onorati da Piccola Erboristeria, selecionamos uma série de remédios à base de plantas sem contra-indicações importantes, que permitirão reduzir o problema da celulite, se usado corretamente.

Algumas plantas são mais eficazes na forma de chás de ervas , enquanto outras são mais adequadas como tinturas mãe ou gemmoderivati. Vamos ver o que eles são.

1 – Funcho:

Uma planta herbácea que pertence à família Umbelliferae, o funcho possui propriedades diuréticas e digestivas. Além disso, possui propriedades carminativas, que favorecem a eliminação fisiológica dos gases intestinais. É, portanto, útil para aqueles que têm problemas com digestão lenta, inchaço intestinal e flatulência.

Erva-doce é usado na forma de uma decocção: despeje cerca de 200 ml de água à temperatura ambiente e uma colher de chá de ervas em uma tigela. Deixe ferver e deixe ferver por 3-5 minutos.

Desligue e deixe em infusão por 10-15 minutos, mexendo de vez em quando, depois filtre tudo. Você pode beber a decocção de funcho duas vezes por dia, logo após as refeições.

2 – Folhas de Videira Vermelha:

A videira vermelha (Vitis vinifera) é uma planta da família Vitaceae. Famosa por suas propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, é frequentemente usada contra varizes, mas também contra hemorroidas. Quanto à celulite, sua ação mais importante é a de um vaso protetor, protegendo o sistema circulatório e tonificando os vasos sanguíneos.

A videira vermelha é usada como uma infusão. Para fazer isso você tem que trazer cerca de 200 ml de água a ferver, despeje uma colher cheia de folhas, desligue e deixe em infusão por 10 minutos, mexendo ocasionalmente, filtrar. Você pode beber 2 xícaras por dia entre as refeições.

3 – Orthosiphon:

Orthosiphon Benth é uma espécie de plantas medicinais, que pertence à família Lamiaceae, difundida na Ásia, também conhecido como chá de Java. Esta planta tem grandes propriedades diuréticas, ajudando na eliminação do cloreto de sódio: é, portanto, útil para aqueles que sofrem de retenção de água e hipertensão.

Também pode ser usado para auxilio contra a celulite. Para fazer isso você tem que trazer cerca de 200 ml de água a ferver, despeje uma colher cheia de folhas, desligue e deixe em infusão por 10 minutos, mexendo ocasionalmente, filtrar. Você pode beber 2 xícaras por dia entre as refeições.

4 – Folhas de Bétula:

A bétula é uma das plantas da família Betulaceae. Na medicina herbal é conhecida por suas propriedades purificantes e diuréticas: suas folhas são ricas em antioxidantes, vitamina C e óleos essenciais. Ajuda a eliminar o excesso de líquidos, evitando depósitos de gordura: é por isso que é útil no combate à retenção de celulite e água.

Além disso, realiza um grande ação purificadora no trato urinário: o chá de bétula também é usado para tratar a cistite e outras infecções do trato urinário.

É melhor usar esta erva na forma infusão. Para fazer isso você tem que trazer cerca de 200 ml de água a ferver, despeje uma colher cheia de grama, desligue e deixe em infusão por 10 minutos, mexendo ocasionalmente, filtrar. Você pode beber 2 xícaras por dia entre as refeições.

5 – Cavalinha:

Um dos remédios anti-celulite menos conhecidos: também conhecido como rabo de cavalo, pertence à família Equisetaceae. Graças à presença de flavonóides, a cavalinha tem uma função diurética e drenante: também protege a funcionalidade dos rins, protegendo-os de doenças que podem afetá-los. É útil em caso de retenção de água, celulite, inchaço dos olhos, pernas e tornozelos.

A cavalinha deve ser usado na forma de uma decocção: despeje cerca de 200 ml de água à temperatura ambiente e uma colher de chá de ervas em uma tigela. Deixe ferver e deixe ferver por 3-5 minutos.

Desligue e deixe em infusão por 10-15 minutos, mexendo de vez em quando, depois filtre tudo. Você pode beber a decocção de cavalinha duas vezes por dia, longe das refeições.

6 – Raízes de Dente-de-leão:

O dente-de-leão ( Taraxacum officinale ) é uma planta pertencente à família Asteraceae. Tem propriedades purificantes e anti-inflamatórias, é um excelente aliado no tratamento de doenças relacionadas ao fígado. Esta planta, na verdade, promove a eliminação de resíduos, estimula as secreções das glândulas do trato gastrointestinal e produz uma ação laxativa leve. Na tradição popular, o dente-de-leão é também conhecido como “piscialetto”, devido às suas grandes propriedades diuréticas.

O dente-de-leão é usado na forma de uma decocção: despeje cerca de 200 ml de água à temperatura ambiente e uma colher de chá de ervas em uma tigela. Deixe ferver e deixe ferver por 3-5 minutos. Desligue e deixe em infusão por 10-15 minutos, mexendo de vez em quando, depois filtre tudo. Você pode beber a decocção de dente-de-leão duas vezes ao dia, entre as refeições.

Atenção: o dente-de-leão não é indicado para quem sofre de intestino irritável.

***

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*